Menu
Dúvidas? Email eric@lasvegas.com.br
Zion National Park

Zion National Park

O Zion National Park é uma bela reserva natural em Utah, há cerca de 2,5h de distância de Las Vegas. Há montanhas, cachoeiras, formações rochosas de pedra vermelha e muitas trilhas para caminhada. A natureza na região é bastante diversificada, com deserto, rios, e floresta temperada decídua e de coníferas. No Zion National Park, também conhecido como Parque Nacional do Sião, também são encontrados muitas espécies de animais e plantas. É a área perfeita se você quer sair de Las Vegas e explorar a natureza.

Reserve aqui um passeio de um dia para o Zion National Park

Origem do Zion National Park

No continente norte-americano, mares e lagos rasos formaram-se ao longo de centenas de milhões de anos, eventualmente secando e deixando para trás camadas com diversos materiais. Deslizamentos de terra ajudaram a formar uma série de camadas, como se fossem panquecas empilhadas, com formações rochosas nas bordas – conhecidas como “Grand Staircase”. Quando mais ao norte você estiver, mais alto estará nessa “escadaria” e mais novas serão as camadas de terra.

O nível inferior da formação rochosa tem uma rachadura: o Grand Canyon, onde estão expostos estratos geológicos com cerca de dois bilhões de anos. Em um dos “degraus” mais altos o rio Virgin cortou o Zion Canyon, e no topo encontra-se o Bryce Canyon. O estrato geológico mais antigo do Zion Canyon é também o mais novo do Grand Canyon. Essa camada de calcário é chamada de “Kaibab” e tem 240 milhões de anos. A camada mais jovem do Zion Canyon é a mais antiga do Bryce Canyon: chama-se “Dakota Sandstone” e tem 150 milhões de anos.

Mas o Zion National Park é muito mais do que apenas o Zion Canyon. A parte norte do parque, conhecida como “Kolob Canyons”, faz parte do Planalto do Colorado e é um terreno elevado a 3 mil metros de altura, resultando em um cenário com cores diferentes e uma vista panorâmica.

De Mukuntuweap National Monument a Zion National Park

Em 1909, o presidente William Howard Taft deu à região o status de monumento: Mukuntuweap National Monument. Mukuntuweap é o nome que os índios Paiute deram para a área. Contudo, a nova gerência do parque não estava feliz com este nome. Segundo eles, muitos turistas teriam problemas com pronúncia do nome e, por isso, deixariam de visitar o parque. Em 1919, o nome foi alterado para Zion National Park. Desde 1956, Kolob também faz parte do Zion National Park. Em 2009, o presidente Barack Obama estabeleceu mais de quinhentos quilômetros quadrados como terreno do Zion Wilderness.

A primeira estrada para o Zion Canyon foi construída em 1917. Também surgiu um acampamento (Wylie Camp), e viagens de dez dias foram organizadas de trem e ônibus para Zion, Bryce Canyon, Kaibab e o Grand Canyon. Em 1925, o Wylie Camp foi ampliado e virou Zion Lodge, e em 1930 a parte oeste do parque ficou facilmente acessível a partir de Springdale. Estas e outras medidas têm levado a um crescimento explosivo do turismo.

Zion National Park é um conjunto de vistas deslumbrantes e fenômenos naturais impressionantes. Vários pontos do parque receberam nomes descritivos para atiçar a imaginação dos visitantes, como Temple of Sinawava (templo de Sinawava), Virgin River Narrows, Emerald Pools (piscinas de esmeraldas), Hidden Canyon (canyon oculto),  Angels Landing (pouso dos anjos), The Great White Throne (o grande trono branco), Weeping Rock (a rocha que chora), Checkerboard Mesa, The Three Patriarchs (os três patriarcas) e Kolob Arch. O ponto mais baixo dessa reserva natural tem 1117 metros de altura e é conhecido como “Coal Pits Washington”, já o ponto mais alto tem 2660 metros e é chamado de “Horse Ranch Mountain”.

Reserve aqui um passeio de um dia para o Zion National Park

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *