Menu
Vale da Morte

Vale da Morte

Vale da Morte

O Vale da Morte (Death Valley em inglês) está no estado da Califórnia e recebeu esse nome macabro devido à sua constante temperatura elevada. Ele fica a cerca de 2,5h de Las Vegas. Você pode visitar o Vale da Morte por conta própria ou fazer uma excursão guiada.

Reserve aqui sua excursão para o Vale da Morte

Death Valley e Cidades-Fantasma

A estrada de Las Vegas até o Vale da Morte passa pelo Deserto de Mojave. Ao contrário da maioria dos desertos, o Deserto de Mojave consiste principalmente de terra, não de areia. Há algumas cidades-fantasmas no deserto. Rhyolite, na borda leste do Vale da Morte, é uma delas: essa cidade foi fundada em meados de 1905, quando encontraram ouro na região. A principal mina de ouro da região, Montgomery Shoshone, foi desativada após cinco anos e, em meados de 1920, ninguém mais vivia em Rhyolite.

Uma construção particularmente interessante no Vale da Morte é o Scotty’s Castle. Ele foi construído em 1922, por Albert Johnson, no estilo de arquitetura mourisca. Walter Scott, um amigo de Johnson, morou no castelo até seu falecimento, em 1954. Ele recebeu inúmeras celebridades na residência. Scotty’s Castle foi adquirido pelo Serviço Nacional de Parques, que atualmente organiza excursões para turistas, como o tour pela História de Scotty’s Castle e o tour pelos Mistérios Subterrâneos de Scotty’s Castle.

Vale da Morte - Estrada Vale da Morte - Cidade-Fantasma

Visitas por conta própria

Saindo de Las Vegas, você levará cerca de duas horas para chegar no Vale da Morte. A partir da Strip, pegue a I-15 sentido norte, seguida da U.S. 95 para o norte e vire à esquerda em Scotty’s Junction, seguindo a Nevada Route 267 sentido oeste. Depois é só seguir as placas para chegar ao Death Valley National Park.

Certifique-se de sair com o tanque do carro cheio. Você pode reabastecer no posto de gasolina em Furnace Creek ou Stovepipe Wells, mas é bem caro.

O parque nacional cobra uma taxa de entrada dos visitantes, que pode ser paga em dinheiro ou cartões de crédito (Visa e MasterCard). Se você quer visitar outras reservas naturais na região de Las Vegas por conta própria, pode ser interessante obter um passe nacional para os parques, conhecido como “National Parks and Federal Recreation Lands Pass”.

Dica do Eric: Se você pretende visitar o Vale da Morte, certifique-se de levar bastante água (cerca de quatro litros por pessoa), usar chapéus com abas largas e protetor solar com FPS alto. Preste atenção em sinais típicos de superaquecimento corporal, como tontura, náusea ou dores de cabeça. Nesses casos, a melhor solução é molhar suas roupas para se refrescar e procurar abrigo do calor imediatamente. Misture uma pequena quantidade de açúcar e sal em sua água, especialmente se for água da torneira (beber grandes quantidades de água da torneira fará você se sentir fraco), ou misture a água com suco de frutas, para repor minerais em seu corpo. A melhor época para visitar o Vale da Morte é a primavera ou outono; visitar a região durante o verão não é recomendável.

Origem

O Vale da Morte formou-se através da interação entre diferentes placas tectônicas. A histórica placa tectônica oceânica de “Farallon” moveu-se aos poucos em direção à placa norte-americana, eventualmente se introduzindo embaixo da placa norte-americana e desaparecendo no manto da Terra. No local dessa colisão, a ponta da América do Norte foi “torcida e amassada”, criando depressões profundas e montanhas. Algumas partes, como o Vale da Morte e o Panamint Valley, ficaram diretamente conectadas ao oceano por um período, mas perderam essa ligação com o tempo. A água do oceano evaporou na região, deixando para trás uma camada de sal.

Por que é tão quente no Vale da Morte?

O Sol aquece o solo do deserto e o ar quente fica preso entre as imensas montanhas ao redor. O ponto mais baixo do vale fica 86 metros abaixo do nível do mar e a pressão do ar é consideravelmente alta, influenciando ainda mais a circulação do ar. Na parte do vale conhecida como “Furnace Creek”, temperaturas acima dos 50 graus são registradas frequentemente.

Reserve aqui sua excursão para o Vale da Morte

Comentários estão fechados.